Sem categoria

Gás metano encontrado em Marte sugere possibilidade de vida

As leituras surpreendentes chegaram à Terra na quinta-feira, e enviaram cientistas lutando por provas corroborantes da vida subterrânea marciana, relatou o New York Times.

“Dado este resultado surpreendente, reorganizamos o fim de semana para realizar um experimento de acompanhamento”, disse o cientista do projeto Ashwni R. Vasavada em um e-mail interno obtido pela empresa.

É possível que o metano seja resultado de reações geotérmicas que nada têm a ver com organismos vivos.

Mas também é possível que o gás tenha sido produzido há milhões de anos pela extinta vida atual, informou a emissora.

Ainda assim, as leituras, de 21 partes por bilhão, são as maiores concentrações de metano detectadas pela Curiosity, três vezes por pico detectado em 2013.

O rover está farejando em torno de Marte desde o desembarque em 2012.

Anúncio